Alívio alheio

Tenho um nariz grande.

Toda vez que menciono isso a alguém que acabei de conhecer (ou que já conhecia, mas a quem ainda não o tinha dito), sinto a pessoa respirar aliviada: agora pode se esquecer do meu nariz, eu sei que ele está lá.

Faço minha boa ação cotidiana mantendo a auto-crítica em dia.

Anúncios

6 comentários sobre “Alívio alheio

  1. Olha, pela foto não dá prá sacar… então fiquei sabendo agora! rsrs Mas sabe o que descobri nas férias e fiquei chocada? Que minha orelha é emprestada do Dumbo!!!! Tô com quaaase 40 e nunca tinha observado o detalhe… triste demais, né?! =[

  2. Adoro seu nariz e já adianto que não concordo com nenhuma intenção ou iniciativa de apará-lo ou remodelá-lo – vai que a teoria de Fliess funciona em você e, além de perder uma de suas marcas registradas, você muda de personalidade e vira uma pessoa sem graça e sem gosto… Please, no! Esse povo que fica mesmerizado com o seu nariz ou não sabe nada sobre estética nasal ou fica secretamente desejando suas proporções anatômicas.

  3. Por muitos anos eu tive complexo do meu queixo, que é muito grande… ai eu engordei e a cara se encheu, fazendo com que ele nao se destacasse muito. Nao tô te mandando engordar! rs… mas às vezes a gente se transforma sozinha, nao liga pra isso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s