Das coisas pequenas e das coisas grandes

A vida é cheia de coisas pequenas. Pequenas alegrias, pequenas decisões, pequenas vitórias, pequenos desafios. Eu me considero uma pessoa de pequenas coisas. Meu olhar está sempre ali, no detalhe, nas ternuras escondidas, no acumulado dessas coisinhas que tornam o cotidiano menos massacrante.

Mas há também as coisas grandes. As que mudam tudo. As boas e as ruins, aquelas que de repente fazem abrir um buraco no chão, ou iluminam a vida de uma vez.

E às vezes coisinhas bem pequenas podem ser, na verdade, coisas grandes. Como essa coisinha de 5 centímetros que agora anda comigo por toda parte. Que tem um coraçãozinho que bate. Que, com 12 semanas, já tem bracinhos, perninhas, dedinhos. E que desde que descobrimos que existe, jogou luz em tudo nas nossas vidas.

Lá pra setembro a vida vai virar de cabeça pra baixo. Já está virando. Acho que já virou.

Anúncios

Um comentário sobre “Das coisas pequenas e das coisas grandes

  1. Parabéns, Deborah! A maternidade é um momento mágico e delicado, uma conexão poderosíssima com forças que nem desconfiamos que existem em nós, até nos deparamos com elas em plena ação. Felicidades nessa nova etapa de sua vida. Que venha com muita saúde! Um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s